Publicado por: Roger Stein | 24/11/2009

Pastor James Manning acusa Obama de persegui-lo


Um pastor americano, posicionando-se diante da devastação moral, institucional e econômica que o atual governo norte-americano está provocando, recebe uma desagradável visita: agentes do serviço secreto (FBI) procuram motivos para incriminá-lo.
O motivo, segundo o Pastor James, seria sua clara, aberta e contundente oposição ao governo de Barack Hussein Obama, a quem considera “o maior criminoso político em toda a história dos Estados Unidos da América”.
Essa não é a primeira polêmica que Manning se envolve, à alguns anos incentivou seu rebanho a boicotar as lojas, restaurantes, médicos, bancos e igrejas. Essa ação, combinada com uma greve geral, obrigaria todos os proprietários do Harlem, disse ele, deixando o bairro para os seus herdeiros legítimos: os negros. Manning chama de seu “plano nem orvalho, nem chuva”, após o aviso de Elias a Acabe, rei de Israel, de uma seca que vem. “Quando não há orvalho, nem chuva, há uma seca – há todo tipo de sofrimento”, disse Manning. O conjunto do Harlem, disse ele, deve ser uma zona seca “.”

Conheçam o pastor James David Manning. Para visualizarem o site do ministério clique aqui.

Anúncios

Responses

  1. Olá, gostei muito de seus artigos, gostaria de te convidar para partipar de uma rede de troca de conteúdo, para mais detalhes me adiciona no msn co_herdeiro@hotmail.com ou me manda um email ok, ou ainda veja mais detalhes em http://www.ocasional.com.br/howto.aspx Abraços. Samuel


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: