Publicado por: Roger Stein | 10/12/2011

180°

Publicado por: Roger Stein | 28/10/2011

HALLOWEEN

Daqui à 3 dias muitas pessoas vão “comemorar” o Halloween, traduzindo “Dia das Bruxas”. Você pode dizer que isso só se vê nos Estados Unidos, mas não, aqui no Brasil já temos visto muitas pessoas querendo brincar com este tema.

Para muitos isto não passa de mais um folclore ou um carnaval fora de época. A maioria das pessoas não conhece a fundo o que temas como este podem trazer de maldições. 

À dois anos atrás, fui em busca de uma nova escola para minha filha, ela estava começando sua fase de ensino fundamental, em todas as escolas questionava a pessoa responsável quanto a filosofia da instituição, uma das delas me surpreendeu ao dizer que não seguia nenhuma linha religiosa, até ai nada de mais, pensei. O complemento dela é que me chocou, “apenas não abro mão de trazer todas as crianças para dormir na escola no dia 31 de outubro, fazemos uma festa de halloween.” Uhau “não abro mão”, ela disse. Como se isso fosse trazer algo fantástico sobre a escola ou às crianças.

Isso nunca mais saiu da minha cabeça, assim vemos como as crianças podem estar sujeitas a influências negativas sem que os pais sequer tomem conhecimento.

E como uma pedagoga, supervisionando professores em uma escola conceituada, “preparada” para ensinar crianças, pode achar que esta fazendo o melhor para elas. Não pode! Ou ela é ignorante, o que duvido, ou está trabalhando contra o cristianismo.

Bem, abaixo (clique no “Leia Mais”) coloquei algumas informações sobre o halloween, algo básico, se você pesquisar na internet vai encontrar muito mais, e o que você vai ler vai deixar você se perguntando, “será que é verdade?”, bem, pesquise e veja por si mesmo.

Leia Mais…

Publicado por: Roger Stein | 05/04/2011

INDIGNOS DE ADOTAR

Imagino que você tem acompanhado a discussão que já está dando volta ao mundo, entre homossexuais e “não homossexuais”. Bem, prefiro colocar como “não homossexuais”, ao invés de heteros ou cristãos, porque não se trata mais de gays e heteros/cristãos, a discussão já tomou outra dimensão.

Bem, na Inglaterra, tivemos um caso peculiar nesses dias. Um casal hetero, cristão, com todos os requisitos exigidos para adoção de crianças teve seu pedido negado. A justificativa? Suas convicções. Sim, os princípios que Jesus ensinou e que o casal Johns segue foi o motivo pela negação ao pedido de adoção de filhos.

Estamos vivendo dias em que será errado não apenas pregar o que Jesus ensinou mas pior do que isso, seremos “proibidos” de viver a fé. Sinceramente todos nós sabíamos que estes dias chegariam, mas está cada dia mais claro que esses dias já não são o futuro, mas o presente.

É incrível ver as transformações de uma sociedade, o que era moralmente errado passa a ser correto. Isso já aconteceu antes, lembra de Ló? Lá foi assim também. Mas o que fazer? Antes de tudo, nos ligarmos à videira. A salvação de Ló veio através de Abraão, porque Ló estava tão envolvido moralmente naquela sociedade que não conseguia ouvir a voz do Senhor. Portanto, voltemos à Deus, à sombra dEle estaremos seguros.

Leia, abaixo, a reportagem sobre o casal de foi proibido de adotar uma criança. Leia Mais…

Publicado por: Roger Stein | 05/02/2011

CRISTÃOS PROTEGEM MUÇULMANOS DURANTE ORAÇÃO

Cristãos realizam ato de amor fazendo escudo humano para muçulmanos egípcios, durante seu período de oração.

Na virada do ano, ocorreu o atentado de um homem-bomba na cidade de Alexandria, no Egito, que matou 23 cristãos. Nestes últimos dias dezenas de cristãos foram mortos por extremistas muçulmanos, que se aproveitaram do caos que o país vive. Mesmo assim, a foto abaixo, registrada por Nevine Zaki, revela uma imagem de paz e tolerância em meio à situação calamitosa que o Egito vive.

Um grupo de cristãos coptas, que são cerca de 10% da população egípcia, decidiram dar as mãos e criaram uma espécie de corrente humana para proteger uma centena de muçulmanos que interromperam os protestos para as orações mandatórias do islamismo. Mesmo em minoria, os cristãos atuaram como uma espécie de equipe de segurança, protegendo seus compatriotas de religião diferente de qualquer ataque inesperado da polícia ou de outros manifestantes.

Fonte: Daily Mail Reporter

Publicado por: Roger Stein | 26/01/2011

O HOMEM QUE ARRISCOU TUDO PARA SE OPOR À CULTURA DA MORTE

Chuck Colson

Provavelmente, você nunca ouviu falar de Lothar Kreyssig — eu não tinha, até recentemente. Contudo, depois de conhecer a história dele, percebi que Kreyssig era um herói para os nossos tempos: um homem que, correndo um risco quase que inacreditável, defendia firmemente a santidade da vida humana.

Lothar Kreyssig, juiz alemão.

Juiz alemão Lothar Kreyssig, que arriscou tudo para se opor ao programa de eutanasia nazista T4.
Em outubro de 1939, o Terceiro Reich criou o que veio a ser conhecido como o programa “Ação T4”. Para fomentar o que os nazistas chamavam de “higiene racial”, os burocratas do Reich, trabalhando com médicos, eram autorizados a identificar e matar aqueles que eram considerados “indignos de viver”, isto é, pacientes institucionalizados com “graves deficiências”.

É claro que expressões como “indigno” e até mesmo “graves” são subjetivas. Na realidade, elas são licença para assassinatos em massa. Hitler exigiu que pelo menos 70.000 pessoas fossem mortas sob este programa, de modo que médicos e autoridades se lançaram para cumprir as cotas do Führer.
Temendo reações na Alemanha e outros países, os nazistas tentavam esconder o que estava ocorrendo: mentiam para as famílias dos pacientes e, prenunciando Auschwitz, disfarçavam as câmaras de gás como chuveiros. Leia Mais…

Publicado por: Roger Stein | 02/12/2010

Uma estrela de David no Irã

Iranianos descobrem ‘Estrela de David’ em edifício usando Google Maps.

Os iranianos estão furiosos depois que descobriram um Estrela de Davi no topo da sala de comando do aeroporto de Teerã. O símbolo estaria por lá por décadas, segundo o jornal “Jerusalem Post”. A construção do edifício foi feita por judeus – principal desavença religiosa dos islâmicos — antes da revolução islâmica de 1979, que deu o território aos iranianos.

A maneira como foi descoberta é o que nos intriga. Foi reconhecida por meio da visão de satélite disponível no Google Maps e no Google Earth. Isso!, a estrela fica em uma construção no AEROPORTO de Teerã e só foi vista décadas depois no Google Maps. Ou os pilotos são muito desatentos, ou o prédio fica longe da rota dos aviões. Ainda segundo o jornal “Jerusalem Post”, o símbolo religioso dos judeus não deve ficar por muito tempo por lá. O presidente Ahmadinejad já ordenou a retirada imediata.

Fonte: Gizmodo

Older Posts »

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 44 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: